Novos vídeos na seção Ideias & Soluções Notícias

22/08/2019 15:00

O professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu da Silveira, especialista em inclusão digital e software livre, articula diversas reflexões sobre um tema polêmico: uso de Inteligência Artificial (IA) no setor público, em particular, nos Tribunais de Contas.

Ao falar sobre a Inteligência Artificial, o professor se refere ao uso da tecnologia que se tornou muito comum, inclusive em redes sociais, em que algoritmos encontram padrões em documentos, imagens, rostos, vozes, textos, e com isso estabelece um conjunto de dados que ajuda a criar soluções tecnológicas personalizadas.

O problema desse tipo de tecnologia, conforme aponta o professor Sérgio Amadeu, é que ela é desenvolvida por empresas que criam algoritmos tão fechados, que nem os próprios órgãos que usam essa tecnologia sabem como ela funciona. Por conta disso, há um debate mundial contemporâneo para tentar responder a pergunta: o poder público pode confiar em dados de algoritmos inescrutáveis?

Tecnologia e Controle Social

Por outro lado, o trabalho de aprendizado de uma máquina pode gerar soluções mais rápidas e eficazes em diversos níveis, e, sendo um algoritmo que depende de uma quantidade de dados enorme para funcionar bem, o professor reforça que os Tribunais têm a dimensão necessária para uma rede muito competente.

Sérgio Amadeu propõe um aplicativo que ajude na criação desses dados a partir de informações cedidas pelos próprios cidadãos, sem necessidade de esforço para isso.

Entenda mais sobre as reflexões do professor Sérgio Amadeu no vídeo da seção Ideias e Soluções do TCMSP, clicando aqui.

O professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu da Silveira, especialista em inclusão digital e software livre, articula diversas reflexões sobre um tema polêmico: uso de Inteligência Artificial (IA) no setor público, em particular, nos Tribunais de Contas.

Ao falar sobre a Inteligência Artificial, o professor se refere ao uso da tecnologia que se tornou muito comum, inclusive em redes sociais, em que algoritmos encontram padrões em documentos, imagens, rostos, vozes, textos, e com isso estabelece um conjunto de dados que ajuda a criar soluções

O professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu da Silveira, especialista em inclusão digital e software livre, articula diversas reflexões sobre um tema polêmico: uso de Inteligência Artificial (IA) no setor público, em particular, nos Tribunais de Contas.

Ao falar sobre a Inteligência Artificial, o professor se refere ao uso da tecnologia que se tornou muito comum, inclusive em redes sociais, em que algoritmos encontram padrões em documentos, imagens, rostos, vozes, textos, e com isso estabelece um conjunto de dados que ajuda a criar soluções

O professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu da Silveira, especialista em inclusão digital e software livre, articula diversas reflexões sobre um tema polêmico: uso de Inteligência Artificial (IA) no setor público, em particular, nos Tribunais de Contas.

Nova legenda

Ao falar sobre a Inteligência Artificial, o professor se refere ao uso da tecnologia que se tornou muito comum, inclusive em redes sociais, em que algoritmos encontram padrões em documentos, imagens, rostos, vozes, textos, e com isso estabelece um conjunto de dados que ajuda a criar soluções

O professor da Universidade Federal do ABC, Sérgio Amadeu da Silveira, especialista em inclusão digital e software livre, articula diversas reflexões sobre um tema polêmico: uso de Inteligência Artificial (IA) no setor público, em particular, nos Tribunais de Contas.

Ao falar sobre a Inteligência Artificial, o professor se refere ao uso da tecnologia que se tornou muito comum, inclusive em redes sociais, em que algoritmos encontram padrões em documentos, imagens, rostos, vozes, textos, e com isso estabelece um conjunto de dados que ajuda a criar soluções